Compartilhar

AQUECENDO OS DIÁLOGOS 2018

 Espaço aberto para ampliar a compreensão das diferentes realidades, necessidades e desejos dos agricultores, apicultores, acadêmicos, produtores de defensivos agrícolas e governo para encontrar soluções convergentes e viáveis quando se trata da interação abelhas, defensivos agrícolas, agricultura e apicultura. A publicação contribui para aquecer a nova edição prevista para maio/2018.

A iniciativa teve a última edição realizada em Ribeirão Preto, com o apoio do Ibama e do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), mostrando que é possível também discutir e apresentar boas práticas na relação agricultura-apicultura.

Para expandir o alcance do conteúdo abordado no evento, a publicação digital  Diálogos 2016 possibilita compartilhar, informar e colaborar na construção de conhecimento do tema.

Na publicação, estão disponíveis as variadas experiências nos âmbitos corporativo, acadêmico, governamental, do meio ambiente, da agricultura e da apicultura expostas nos cinco diálogos, divididos entre os dois dias de evento:

DIÁLOGO 1 – A interação entre a agricultura e as abelhas criadas e silvestres. Abelhas silvestres. Abelhas criadas. Papéis? Competição? Dois universos diferentes em um só cenário – a paisagem agrícola. Atratividade. Interdependência. Mel e polinização. Abelhas e agricultura. Teoria ou prática? Sonho ou realidade? Necessidade ou opção?

DIÁLOGO 2 – Defensivos agrícolas: aplicação amigável às abelhas. Combate às pragas. Incentivo às abelhas. Produção sustentável de alimentos. Rotas de exposição. Florada. Manejo integrado de pragas.Apiários. Abelhas. Uso correto. Aplicação. Abelhas e defensivos. Contrários? Complementares? Fatores de uma mesma função? 

DIÁLOGO 3 – Boas práticas na agricultura para incentivo à visitação de abelhas silvestres. Abelhas silvestres. Paisagem. Entorno. Incentivo à visitação. Fragmentos. Corredores. Capacidade, suporte. Cultura agrícola. Atratividade e competição. Teoria? Viabilidade? Como transformar ideias em boas práticas e ação? 

DIÁLOGO 4 – Boas práticas: Relação mais produtiva agricultura e Apicultura.  Relação produtiva. Relação ganha-ganha. Comunicação. Apiário. Onde? Ganhos? Riscos? Respeito mútuo. Regularizar a relação. O que cabe ao agricultor? O que cabe ao apicultor? Diálogo. Troca. Possibilidades reais da integração?

 DIÁLOGO 5 – Plano nacional de boas práticas: desafios de implementação num cenário agrícola heterogêneo. Agricultura. Diferentes realidades.  Peculiaridades. Caracterização. Regiões, biomas. Modelo agrícola. Familiar, monoculturas, grandes, pequenos. Dependentes e não de polinização. Plano nacional. Proteção dos cultivos, das abelhas e do meio ambiente. Respeito à apicultura. Valor da polinização. Boas práticas em nossas mãos. Quais são as peculiaridades na agricultura que devem ser consideradas para a implantação de boas práticas em território nacional? Diante das peculiaridades, como disseminar as boas práticas nacionalmente?

 A resposta a estas e outras perguntas, clicando aqui.

 

A  5ª edição da iniciativa Diálogos está prevista para dos dias 27 e 28 de novembro, em Porto Alegre.

 

 

Contato

colmeiaviva@sindiveg.org.br

Colmeia Viva Mapeamento de Abelhas Participativo
0800 771 8000

Assessoria de Imprensa
imprensa@sindiveg.org.br
(11) 5094-5529

Realização

Signatárias