Compartilhar

Serviços de Polinização: Natural na Biodiversidade x Comerciais na Agricultura

Está circulando pela internet e em alguns veículos de comunicação uma comparação entre a realidade internacional e nacional em torno do valor do serviço prestado pelas abelhas na polinização de plantas na biodiversidade e de culturas agrícolas, gerando uma confusão em torno do papel das abelhas na polinização. Existe uma diferença entre a polinização natural na biodiversidade e contratação de aluguel de colmeias, que é um serviço comercial de polinização na agricultura onde as abelhas são intencionalmente levadas às plantações.

Polinização comercial na agricultura

Nos Estados Unidos e na Europa, é comum a prática de aluguel de colmeias. No Brasil, essa prática ainda é restrita a algumas regiões e culturas dependentes da polinização, a exemplo das culturas de maçã, melão, melancia, caju e maracujá.

Polinização natural na biodiversidade

No Brasil são mais de 3000 espécies de abelhas cumprindo seu papel no ambiente. Trata-se de uma polinização natural realizada pelas abelhas, principalmente as abelhas solitárias (maioria das silvestres, que não vivem em colmeias, vivem sozinhas) sem auxílio da aquisição do serviço contratado de polinização por meio do aluguel de colmeias.

Ao mesmo tempo, é preciso ressaltar que o setor de defensivos agrícolas acredita na complementariedade entre a tecnologia de defesa agrícola e a polinização realizada pelas abelhas para garantir qualidade do fruto e o beneficiamento da produtividade agrícola. É possível conciliar desenvolvimento agrícola com preservação da biodiversidade.

Saiba mais em http://projetocolmeiaviva.org.br/as-abelhas/

 

Curiosidade Maracujá

A cultura de maracujá é polinizada por um tipo de abelha conhecida como mamangava. Trata-se de uma abelha sem ferrão diversas vezes confundida como uma vespa, mas responsável pela polinização do maracujá. Neste caso, a presença da abelha Apis Mellifera (mais utilizada na apicultura para atividades de extração do mel, própolis e outros produtos apícolas) prejudica a qualidade do fruto.

 

Comparações equivocadas no valor de polinização atribuído às abelhas

A possível perda no valor de 15 bilhões de dólares por ano na agricultura dos Estados Unidos e a estimativa do potencial dos valores de polinização no Brasil até 12 bilhões de dólares por ano não são comparáveis. Fala-se também em perdas entre 4,8 e 14,5 bilhões de dólares por ano no Brasil que representariam uma redução de 6,4% a 19,3% da contribuição no PIB brasileiro. Esses dados são teóricos que devem servir de orientação para o potencial atribuído às abelhas, mas que ainda não refletem a aplicabilidade que já ocorre nos Estados Unidos.

 

 

Contato

Projeto Colmeia Viva
contato@projetocolmeiaviva.org.br
colmeiaviva@sindiveg.org.br

Colmeia Viva Mapeamento de Abelhas Participativo
0800 771 8000

Assessoria de Imprensa
imprensa@sindiveg.org.br
(11) 5094-5529

Realização

Apoiadores